5Gbet

Oposição na Venezuela muda estratégia e participará da eleição presidencial de 2024

Entre os nomes cotados, está o do ex-presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, que se autoproclamou presidente do país em 2019

  • Por 5Gbet
  • 12/10/2022 12h50
juan guaidóJuan Guaidó, ex-presidente eleito da Assembleia Nacional da Venezuela, está entre os cotados para liderar a oposição no pleito presidencial de 2024

Os partidos de oposição na Venezuela querem se unir entorno de um único nome para disputar as eleições em 2024. Foi o que sete líderes partidários declararam à agência Bloomberg nesta terça-feira, 11. As siglas devem escolher um candidato em prévias que devem ser realizadas no ano que vem. Entre os nomes cotados, está o do ex-presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, que se autoproclamou presidente do país em 2019 e chegou a ser reconhecido por uma série de países em uma tentativa de destituir o atual regime. O nome escolhido nas primárias vai enfrentar o candidato do Partido Socialista Unido da Venezuela em 2024. A expectativa é que esse nome seja o do próprio presidente Nicolás Maduro, que pode tentar conquistar um terceiro mandato de 6 anos, completando quase 20 anos no poder. A decisão da oposição venezuelana sinaliza uma mudança de estratégia, já que anteriormente a tática era de boicote às eleições nacionais. Os partidos devem participar do pleito independentemente das regras ou dificuldades que o governo de Maduro possa impor para a participação da oposição. Existiram negociações entre as legendas e o governo para garantir eleições justas e livres, mas as conversas foram abandonadas por Maduro há cerca de um ano. Um dos motivos que motivou a mudança de estratégia da oposição foi a vitória de Sérgio Garrido na disputa pelo governo de Barinas, região onde nasceu Hugo Chávez e foi governada por chavistas desde 1998.

*Com informações da repórter Nanny Cox

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.
5Gbet Mapa do site