5Gbet

Camiseta tecnológica faz ‘fisioterapia inconsciente’ para melhorar postura

Recurso aprovado por especialistas e atletas coloca a escápula e a coluna em posicionamento correto para um realinhamento postural

  • Por Renata Rode
  • 21/09/2023 08h00 - Atualizado em 21/09/2023 08h28
Gabi Martins/DivulgaçãoFaixas são costuradas nas camisetas e posicionadas diretamente sobre os principais músculos que controlam escápula e seu movimentoFaixas são costuradas nas camisetas e posicionadas diretamente sobre os principais músculos que controlam escápula e seu movimento

Sabe aquela dor de cabeça ou no pescoço que insiste em ficar? E um certo desconforto nas pernas que chega a incomodar mesmo quando você está deitado e relaxado? Tudo isso, além da exaustão, podem ser sinais de doenças posturais e suas consequências. Esta mera colunista que o diga, afinal, horas sem fim em frente ao note tornam-se um desafio principalmente para quem já está na era dos “enta”. De acordo com um estudo publicado na revista The Lancet Rheumatology, mais de 600 milhões de pessoas sofreram com dores nas costas no mundo em 2020. A pesquisa ainda sugere que, em 30 anos, serão mais de 800 milhões afetados. Os fatores de risco para esse quadro apontam o tabagismo, a má postura no trabalho e a obesidade como desencadeadores do processo. Para Gregory Markarian, Cirurgião Ortopedista e CEO da Alignmed Brasil, a má postura causa um efeito dominó no organismo que pode ser devastador. Diante de tantos casos de sofrimento e dores, o médico resolveu investir em soluções tecnológicas que pudessem ser incluídas na rotina das pessoas comuns, não só dos atletas, e criou a camiseta postural, uma roupa que possui um design que ativa a escápula para que se coloque na sua posição anatômica normal e permaneça nessa posição.

“Isso é possível pela utilização de faixas chamadas de neurobands®, uma tecnologia que segue o mesmo conceito das kinesio tapes usadas por atletas para tratamento de lesões. A diferença é que essas faixas são costuradas nas camisetas e posicionadas diretamente sobre os principais músculos que controlam a posição da escápula e seu movimento. Quando a escápula se move para sua posição anatômica, uma série de eventos acontecem dentro do corpo: o ombro fica perfeitamente alinhado e, como consequência, a coluna cervical, a coluna torácica e coluna lombar também se alinham e a pessoa alcança e mantém sua melhor postura possível”, explica.

Além de todos os benefícios apontados, o produto ainda promove melhor circulação sanguínea diante do realinhamento corporal. “O uso de forma contínua vai te proporcionar mais energia, mais fluxo de sangue, aumentar a circulação nos braços promovendo uma melhor performance. A camiseta possui uma tecnologia que proporciona uma fisioterapia inconsciente, mantendo a pessoa na postura correta”, detalha. Os benefícios para os usuários foram publicados em estudos científicos nos Estados Unidos, que mostram que as pessoas apresentaram incidência menor de fadiga, atingindo a ordem de 20% e 13% mais energia. Um outro benefício foi apresentado em um estudo biomecânico realizado em Vail, Colorado, no Steadman Philippon Research Institute, que mostra que, quando ocorre o correto posicionamento do braço, a posição do ombro também melhora em vários aspectos, evitando, muitas vezes, que as pessoas com dor na região tenham que recorrer a cirurgias. Portanto, com a utilização da camiseta a longo prazo e com frequência, a ocorrência de cirurgias no ombro pode ser evitada.

Ainda, de acordo com o médico, essa tecnologia atende todas as idades. “Para os jovens na prática do esporte é bom para manter a postura evitando lesões e dores musculares. Na fase adulta é ideal para manter a postura nas atividades do dia a dia, no trabalho e nas recuperações de lesões. Para trabalhadores que atuam com pesos e máquinas, é muito bom para evitar lesões e aumentar o rendimento. E para os idosos a camiseta evita deixar a pessoa corcunda, promovendo equilíbrio e inibindo quedas, engasgos ao se alimentar e dores musculares”, complementa.

A medalhista olímpica Pâmella Oliveira é adepta ao uso da camiseta Alignmed e, em suas redes sociais, divide com os seguidores dicas de saúde implantadas na rotina. “Ela mantém a minha postura alinhada durante as atividades diárias, desde os treinos até no trabalho do escritório. Além de promover uma melhora considerável na redução do desconforto muscular e na prevenção de tensões indesejadas”, declara. Para Simone Albano, professora de Educação Física, Especialista em Neurociência, Dor Crônica e Pilates e idealizadora do método Neuromoove, toda e qualquer ajuda para manter a rotina saudável é válida. “Nos mais de doze anos de atendimento com o Gravity Pilates, percebi que a má postura altera todo o estado de saúde. Esse mau hábito pode provocar, além de dores musculoesqueléticas, também dermatites (coceiras), ansiedade, depressão, problemas circulatórios e linfáticos”, alerta.

A profissional de saúde, que desenvolveu o Método Neuromoove em 2019 após realizar especialização em Neurociência no Hospital Albert Einstein, afirma que, para que haja bem-estar, é preciso considerar o corpo como um todo durante os exercícios através de três redes de comunicação: sistema nervoso, rede facial e sistema circulatório. Simone ainda alerta que, a cada dia, mais pessoas perdem a consciência corporal e ligam e desligam seus organismos no modo automático, depredando um sistema rico de recursos. “Podemos dizer que cada vez mais pessoas chegam no Instituto sem ter consciência corporal, ou seja, enferrujadas e ‘doentes’ por não se movimentarem de maneira correta. Elas estão perdendo a ‘resiliência’ física. Quanto mais conforto oferecemos ao corpo, mais ‘fracos’ ficamos mentalmente e fisicamente. Outro agravante é a quantidade de estímulos externos para o sistema nervoso estar cada vez maior comparado aos estímulos motores (movimentos do corpo). Isto desencadeia uma falta de equilíbrio do sistema nervoso por completo e quase que um colapso”, detalha.

Além da rotina de exercícios e orientação profissional, é preciso investir em você e na sua saúde, sendo que a todo momento somos surpreendidos pela tecnologia e precisamos saber utilizá-la de forma benéfica. “A melhora da postura depende de fatores internos (músculos, tendões, sistema nervoso, etc), ou seja, é todo um contexto. Uma roupa pode auxiliar no processo a médio e longo prazo, como um insight para que a pessoa lembre de manter a posição correta no caso de estar digitando ou fazendo alguma atividade de maneira irregular mas, como tudo na vida, é preciso usar com sabedoria, já que o cérebro pode diminuir o recrutamento muscular caso tenha estímulos externos fazendo o trabalho muscular. Mas, em geral, vejo como positivo seu uso, sim”, opina a professora.

A convite da empresa, utilizei o produto por alguns dias e posso dizer que, após uma certa adaptação no início, obtive melhora das dores no pescoço em uns vinte por cento. É claro que é preciso mais do que utilizar todos os dias essa aliada e intercalar a rotina de exercícios físicos, maior hidratação e qualidade do sono para que todo o quadro realmente inicie uma transformação e posso dizer que estou no caminho certo.

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da 5Gbet.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.
5Gbet Mapa do site