5Gbet

Governo cede terreno para construção do Museu da Democracia em Brasília

Proposta é que o local conte a história da construção da democracia no país, incluindo os atos do 8 de Janeiro

  • Por da Redação
  • 05/01/2024 11h40 - Atualizado em 05/01/2024 11h41
Arquivo / Agência Brasil Cortes atingiram 28 ministérios, autarquias e agênciasVista aérea da Esplanada dos Ministérios, localizada em Brasília, no Distrito Federal

Ogoverno federal cedeu um terreno de 50 mil metros quadrados na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para a construçãodoMuseu da Democracia. A ministra da Cultura, Margareth Menezes, havia prometido a criação do espaço após os atos do 8 de Janeiro, quando as sedes dos três Poderes – Congresso Nacional, Palácio do Planalto e Supremo Tribunal Federal – foram invadidas e depredadas. A ideia é que o museu conte a história da construção da democracia no país como um todo, incluindo o evento de janeiro de 2023. Localizado em frente ao Teatro Nacional Claudio Santoro, o terreno é o último disponível para construção na Esplanada e deve incorporar a praça da Cidadania, que já existe no local.

O Ministério da Cultura e o Ibram (Instituto Brasileiro de Museus) planejam lançar um concurso nacional para escolher o projeto arquitetônico do espaço ainda neste semestre. A expectativa é que a construção do edifício tenha início no ano que vem e, por isso, o governo Lula 3 inclui no Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) um projeto de R$ 40 milhões para a construção do museu. Além disso, há a possibilidade de o espaço também funcionar como sede do Ibram. Para complementar os custos da construção, poderão ser utilizados recursos do orçamento da Cultura. Contudo, parcerias com o setor privado não estão descartadas.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.
5Gbet Mapa do site