5Gbet

Prestes a superar marca do Milan, Pato mira Seleção e artilharia do Brasileirão

  • Por Lancepress
  • 11/08/2015 15h24
SÃO PAULO, SP, 21.02.2015: PAULISTA/SÃO PAULO-AUDAX - Gol de Alexandre Pato - Partida entre São Paulo x Audax-SP, válida pela 6ª rodada do Campeonato Paulista de Futebol 2015, no Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi), neste sábado (21), em São Paulo. (Foto: Maurício Rummens /Fotoarena/Folhapress)FolhapressAlexandre Pato mais uma vez encontrou facilidade para fazer seus gols

O atacante Alexandre Pato está curtindo um momento especial no São Paulo. Nesta quarta-feira, contra o Figueirense, por exemplo, ele precisa de um gol para superar os números de sua melhor temporada como profissional. Em 2008-2009, pelo Milan (ITA), o atacante marcou 18 gols em 42 jogos. Agora, está com os mesmos 18, mas em 37 jogos.

“Estou numa sequência de jogos que tem me dado muita confiança e isso tem feito que eu possa ficar mais tranquilo, focado. Essa confiança que vem de fora tem me ajudado bastante. Sim, se eu puder fazer gol, posso bater a melhor temporada”, afirmou o camisa 11.

“Isso não vem ao caso (recorde), mas se eu puder fazer seria ótimo. Mas o momento é buscar uma vitória, se eu puder ajudar com um gol ou assistência seria ótimo. Tem muitos jogos ainda para eu alcançar esse objetivo. Mas meu foco não é esse agora”, completou o atacante.

A boa fase, no entanto, faz Pato sonhar alto. O atacante admitiu nesta terça-feira que a artilharia do Campeonato Brasileiro está nos seus planos. No momento, ele tem sete gols na competição, contra dez de Ricardo Oliveira, do Santos, que é o goleador máximo da competição.

“Sim, quero fazer gols, quero competir, quero chegar à artilharia no fim do ano. Poderia estar junto com ele (Ricardo Oliveira), ou até na frente, se eu tivesse feito todos os gols, mas não tiro mérito dos goleiros. Busco artilharia, mas poderia trocar todos os gols por um título este ano”, analisou Pato.

Outro objetivo do atacante é voltar à Seleção Brasileira. Na próxima quinta-feira, o técnico Dunga divulgará lista para os amistosos contra Costa Rica, 5 de setembro, e Estados Unidos, dia 8, ambos nos Estados Unidos. E Pato estará atento.

“Sempre quis a Seleção e deixo na mão de Deus. Na hora é o Dunga que vai fazer a lista, mas trabalho, sim, para voltar. Se for para ser, quero estar, mas posso responder quando sair a lista. Agora quero dar continuidade a meu trabalho”, disse Pato.

Pato está emprestado pelo Colrinthians até o fim deste ano e, por isso, não atuou no clássico do último domingo. Voltará nesta quarta para ser titular. Ele ainda não definiu seu futuro e deixa aberto todas as possibilidades, desde permanecer no Tricolor, se transferir para a Europa ou retornar ao Alvinegro.

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.
5Gbet Mapa do site